O poder das redes sociais para divulgação de empresas

O poder das redes sociais para divulgação de empresas

É cada vez mais notório o poder das redes sociais para alavancar negócios e fazer com que empresas se tornem mais conhecidas no mercado.

Além disso, pequenos empreendedores podem usar este recurso como uma estratégia para fidelizar clientes.

De acordo com o Sebrae Nacional, saber se comunicar na era digital possibilita com que o empreendedor consiga segmentar seu público-alvo. E também permite demonstrar uma mensagem de sua marca que atinja o real nicho de consumidores.

Mas afinal, como interagir com os reais compradores de forma clara e eficaz?

Pensando nisso, o Sebrae Nacional preparou dicas para que pequenos e médios empreendedores consigam vender mais e para o consumidor certo, por meio dos canais digitais e mídias sociais.

Saber exatamente seu público-alvo

Não adianta disparar conteúdo sem saber quem são seus reais consumidores. Portanto, identificar seu público-alvo é essencial. Desta forma, a empresa poderá produzir posts de uma forma clara e direcionada exatamente a quem interessa. E a ferramenta que irá auxiliar tudo isso é a rede social.

Além disso, vale a pena também fazer posts patrocinados. Para um início, atingir um maior número de usuários pode ser interessante, pois se fosse no modo orgânico, a tática paga não seria funcionaria. Porém, a empresa tem que estar ciente que ao impulsionar/pagar uma publicação, ela não consegue alcançar um nicho específico, pois o conteúdo pago aparece na linha do tempo do perfil. É diferente de um “dark post” que fica invisível na timeline da página em questão.

Como usar cada mídia social

Dependendo do conteúdo que o empreendedor queira transmitir a seu público, é fundamental ele conhecer a finalidade de cada rede social e determinar quais são as melhores para alavancar seu negócio. Veja abaixo a função das principais mídias:

  • Instagram: Possibilita a postagem de fotos e vídeos curtos, além da produção de stories. Por estes meios, a empresa consegue se comunicar com seu consumidor, saber quais são as queixas e elogios de seu produto. Pode realizar enquetes pelos stories, por exemplo. Também é possível utilizar o apoio de influenciadores digitais e realizar vendas em conjunto com o whatsapp;
  • Facebook: É a mais popular entre as redes sociais. Geralmente, é utilizada na intenção de construir a imagem de uma empresa e ressaltar sua presença na internet, promovendo-a cada vez mais; Por meio desta mídia também é possível a interação e comunicação com os usuários;
  •  WhatsApp: Por meio desta mídia social, a companhia consegue se aproximar ainda mais do consumidor, como um canal de relacionamento. O empreendedor pode convidar seus clientes nas outras redes sociais do seu negócio. Com isso, ele pode explicar de forma mais clara e objetiva sobre seu produto, além de viabilizar uma negociação mais exclusiva;
  • Youtube: O empresário pode fazer vídeos e entrevistas explicando mais sobre seu produto ou conteúdo de seu negócio, além de se aproximar de seu público;
  • Twitter: Atualmente, é preciso identificar se vale a pena manter este tipo de rede social para seu negócio. Em sua essência, este canal de comunicação visa textos curtos e conteúdos atuais em tempo real.

Comunicação visual é muito importante

É essencial a empresa saber adaptar seu conteúdo para diferentes formatos a depender da mídia social que mais o aproxima de seu público-alvo. Utilizar fotos e material de qualidade é importante também para dar maior visibilidade e credibilidade de sua marca nos meios digitais.

Recorrer a enquetes, demonstrando maior interação e criatividade com seus consumidores pode valer a pena para conquistar o cliente e, consequentemente, mais engajamento de seu negócio.

Gerenciamento de suas páginas

É importante frisar aqui que todo empreendedor ou companhia deve possuir uma conta empresarial nas redes sociais. Com isso, poderá acompanhar a evolução dos seguidores, saber quem só segue e quem se interessa de verdade pelo seu produto, alcance da página, etc.

Portanto, saber gerenciar as redes por meio de ferramentas específicas possibilita um diferencial para o negócio. É possível programar postagens e acompanhar métricas e o engajamento de sua empresa.

E-commerce

Neste caso, como já é possível vender produtos pelo Instagram, Facebook e WhatsApp, é importante verificar se realmente vale a pena investir em um canal de e-commerce.

Fonte: Sebrae Nacional

*Foto: Divulgação

Fechar Menu